Dores na coluna vertebral  - REDE MATER DEI DE SAÚDE

Dores na coluna vertebral 

A dor nas costas ou, lombalgia, como é mais conhecida no meio médico, constitui uma doença cada vez mais frequente na população. São várias as possíveis causas das dores nas costas.  Devemos considerar como eventuais possibilidades, as deformidades de alinhamento que são as cifoescolioses, as fraturas e os tumores, entretanto, a causa mais frequente está relacionada à musculatura e ao processo degenerativo que constitui a artrose.
 

O meio mais efetivo de abordagem das lombalgias é através da sua prevenção. Hábitos de vida saudáveis como a prática regular de exercícios físicos e alimentação adequada. Evitar o sobrepeso e não fumar são formas de prevenir esta doença que atinge um número cada vez maior de pessoas em todo o mundo.
 

O tratamento médico apresenta êxito na maior parte das situações, sendo a associação de medicamentos e reabilitação fisioterápica, os principais pilares do tratamento conservador. Em situações específicas e quando o tratamento conservador não tem sucesso, há o recurso da intervenção cirúrgica que apresenta resultados muito satisfatórios e com a possibilidade de correção da maior parte dos problemas persistentes da coluna vertebral.



RESPONSÁVEIS:
Luiz Claudio França
Ortopedista e Traumatologista
CRM-MG: 28780

 

Rafael Gonçalves Duarte
Ortopedista e Traumatologista
CRM-SP: 41762


Posts Relacionados

17 Novembro 2020

Dia Mundial do Diabetes

No dia 14/11 foi comemorado o Dia Mundial do Diabetes, que tem por objetivo mobilizar a sociedade e profissionais da saúde sobre a prevenção e controle da doença. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), no Brasil, há mais de 13 milhões de pessoas...
28 Junho 2018

​Inovação no tratamento da...

Foi realizado na Rede Mater Dei de Saúde o primeiro implante de neuroestimulador sacral para tratamento da incontinência fecal.
23 Fevereiro 2018

Mater Dei oferece atendimento para...

Com o objetivo de garantir a qualidade na continuidade do acompanhamento desses pacientes, a Rede Mater Dei de Saúde através do Mais Saúde, criou a Linha de Cuidado para Doenças Inflamatórias Intestinais.